RENATINHO: "VER O ARRUDA LOTADO COM 60 MIL PESSOAS GRITANDO O MEU NOME FOI A MAIOR EMOÇÃO DA MINHA VIDA"

RETORNO

Em 2012, com o retorno do Serrano à primeira divisão do Campeonato Pernambucano, Renatinho terá a oportunidade de voltar a atuar na sua cidade natal, onde espera ser recebido com festa. "No dia 22 de janeiro iremos enfrentar o Serrano fora de casa e espero ter a oportunidade de jogar. Quero voltar a jogar na minha terra e, se possível, fazendo gols."

PERMANÊNCIA

Com contrato em vigor com o Mais Querido até o ano de 2015, o jovem meia garante que permanecerá no Arruda para a temporada do ano que vem, mas diz que espera ser valorizado. "Não recebi nenhuma proposta oficial para deixar o Santa, mas já fui sondado por alguns clubes, inclusive de fora do país. Mas a torcida pode ficar tranquila que tenho contrato com o Tricolor, estou feliz aqui e pretendo ficar."

"Meu único desejo é que a diretoria reconheça o que eu e outros pratas-da-casa fizemos esse ano, pois, acredito que honramos essa camisa em todos os momentos merecemos ser valorizados", falou Renatinho.

ESTATURA

Medindo apenas 1,57m, o pequeno Renatinho sempre compensou no gramado o seu tamanho com muita habilidade. Apesar da desconfiança de algumas pessoas, o jogador já provou diversas vezes durante esses dois anos no Arruda que tem totais condições de vestir a camisa coral e assumir de vez a postura de ídolo.

"O meu tamanho não é um problema para mim. Dentro de campo sei bem o que fazer para compensar isso e já provei do que sou capaz. Tenho certeza que tenho qualidades suficientes de ser titular do Santa e calar a boca de quem me duvida de mim", alfinetou.

ZÉ TEODORO E DUTRA

Para Renatinho, a manutenção do elenco vitorioso deste ano será de fundamental importância para o sucesso do Santa na temporada 2012. Tanto, que o meia comemorou bastante as renovações de contrato do lateral Dutra, que chegou a cogitar abandonar o futebol, e do treinador Zé Teodoro. "Dutra é um exemplo dentro e fora de campo para todos nós. Todo o elenco criou um vínculo muito forte com ele e não queríamos que ele parasse. Fiquei feliz em saber que ele vai ficar conosco e acredito que ele ainda tem futebol suficiente para jogar pelo menos uns dois anos."

"A permanência de Zé também foi muito importante para o clube, afinal, ele foi fundamental para as nossas conquistas esse ano. Uniu todo o elenco e montou um grupo forte. Depois fez com que trilhassemos juntos um mesmo caminho, que nos levou à diversos títulos nesta temporada", falou.


METAS PARA 2012

Segundo o jovem atleta, apesar da meta inicial ser o retorno à Série B para a temporada 2013, todos no Arruda também estão empolgados com a luta para o bicampeonato pernambucano.

"É claro que sabemos a importância de conquistar o acesso, mas isso será no segundo semestre. Agora é hora de montarmos um time forte para lutar pelo bi. Agora vamos ter mais dificuldades, já que os outros times, que nos subestimaram esse ano, vão entrar em campo com mais cuidado. Cabe à nossa equipe se impor e fazer de 2012 o ano do Santa de novo", disse.

EMOÇÃO

Por fim, Renatinho disse que, apesar de todas as conquistas de 2011, a maior emoção que ele sentiu foi quando ele nem estava em campo, na decisão diante do Treze/PB. "Ser campeão estadual foi emocionante, vencer o São Paulo/SP pela Copa do Brasil foi bom, mas nada foi mais emocionante na minha vida do que ver 60 mil pessoas gritando o meu nome."

"Eu estava no banco de reservas, na partida diante do Treze, e os torcedores começaram a gritar por mim. Graças a Deus o treinador escutou e me colocou em campo. Entrei e ajudei o Santa a conquistar o acesso à Série C. Isso foi inesquecível e espero ter essa sensação novamente em 2012. Quando essa torcida joga junto conosco, somos quase imbatíveis", encerrou.

FONTE: CORALNET

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.