Santa Cruz depende do 'patrocínio da torcida' para montar elenco forte

Torcida do Santa Cruz (Foto: Aldo Carneiro)

Os desafios do Santa Cruz em 2012 não são nada fáceis: conquistar o bicampeonato no Estadual e conseguir o acesso à Série B. No primeiro caso, as dificuldades consistem nos rivais Náutico e Sport, ambos na Primeira Divisão e, portanto, com mais recursos para investir no futebol. Já na competição nacional, a disputa pela vaga será com equipes mais qualificadas do que aquelas que o Tricolor vem enfrentando nos últimos três anos. Por isso, o Mais Querido não tem outra alternativa a não ser ampliar a folha salarial para a próxima temporada. Como a situação financeira do Santa Cruz continua delicada e o clube não tem direito a verba de televisionamento, a diretoria coral aposta na contribuição da torcida para o Tricolor conseguir honrar os seus compromissos e ter condições de montar um elenco competitivo para o ano que vem.
- O ano de vai ser extremamente difícil para o Santa Cruz, considerando o fato que os nossos principais adversários no Campeonato Pernambucano estarão com receitas enormes bancadas pela televisão enquanto o Santa Cruz, mais uma vez, iniciará o ano sem nenhum tipo de patrocínio nessa área televisiva por ser um clube da Série C. Queremos manter o elenco que foi campeão pernambucano e que nos deu o acesso à Série C, mas claro que com modificações. Mas só vamos conseguir qualificar o time se tivermos o patrocínio dos que amam o Santa Cruz: os seus conselheiros, os seus sócios e os seus torcedores. Então é importante que o torcedor que não é sócio que se associe neste momento e que aqueles que já são sócios que se mantenham em dia - afirmou o presidente do Santa Cruz, Antônio Luiz Neto.
A importância da torcida nessa missão de ajudar financeiramente o clube, sobretudo nestes quase dois meses sem jogos no Arruda, também foi ressaltada pelo diretor de futebol do Santa Cruz, Constantino Júnior. Para ele, esse apoio vai ser fundamental para que a campanha vitoriosa de 2011 se repita também na próxima temporada.
- Não é choro nem lamentação, é a realidade. Vamos encarar um campeonato muito difícil, com duas equipes com orçamento muito grande. Somos atualmente os campeões do Estado e vamos entrar para defender nosso título, mas com muita parcimônia e paciência, sem sair da nossa realidade financeira. E o torcedor tem um papel fundamental, pois ele é o nosso maior patrocinador. O torcedor do Santa Cruz pode bater no peito e se orgulhar que é a grande força do seu clube, pois contribui diretamente para que o clube possa fazer contratações e honrar seus compromissos, diferentemente dos outros clubes do Estado, onde a participação dos torcedores e sócios não é tão fundamental. Futebol não se faz sem dinheiro e contamos com essa colaboração da torcida para que 2012 seja um ano tão glorioso ou até mais que 2011 - frisou o dirigente coral.

FONTE: GLOBO ESPORTE

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.