Bala quer voltar a fazer bonito pelo Santa Cruz em Petrolina


Carlinhos Bala, atacante do Santa Cruz (Foto: Aldo Carneiro)Para a torcida do Petrolina, o estádio Paulo Coelho é o campo sagrado que está fazendo a diferença no Campeonato Pernambucano. A Fera Sertaneja ainda não perdeu jogando em casa e os torcedores têm motivos para comemorar. Porém, para o atacante Carlinhos Bala, do Santa Cruz, o Coelhão, como o estádio é conhecido, também é sinônimo de alegria. Em 2005, o atleta jogou contra o Petrolina no sertão e marcou o gol que garantiu antecipadamente à equipe coral o título de campeã do torneio naquele ano.

- É sempre bom você voltar a um lugar que lhe traz boas lembranças. Mas agora a equipe do Petrolina mudou o treinador. Mas vamos lá com muita humildade trabalhar e fazer um bom jogo.

Carlinhos Bala reconhece que a tradição do Santa Cruz é maior, mas ele lembra que na tabela de classificação quem está na frente é o Petrolina (um ponto e uma posição a mais que o Tricolor). Dessa maneira, ele diz que é preciso respeito e humildade por parte dos jogadores corais.

- Temos que respeitar. Não é à toa que ele (o Petrolina) está ali, entre os quatro. É uma equipe que vem trabalhando desde outubro-novembro, então vamos lá com humildade, marcar na hora de marcar e atacar na hora de atacar. Todas as equipes do Pernambucano merecem respeito. Desde o América (lanterna) ao Salgueiro (líder). Então é trabalhar pra conquistar pontos. Sabemos que é difícil, mas não impossível.

Texto: Globo Esporte.

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.