MEIO À CONFUSÃO, DUTRA ANUNCIA SUA SAÍDA DO CLUBE, SEM MUITA EXPLICAÇÃO.

O lateral esquerdo Dutra anunciou na tarde de ontem (16/03) seu desligamento do Santa Cruz e mesmo diante dos últimos acontecimentos que o Clube vêm passando, afirmou que protestos nesse momento eram normais, já que o time não estava em uma boa fase.
“Isso é normal pela derrota. Ninguém queria nem os jogadores, nem os torcedores, e já vi muitos protestos destes em toda a minha carreira e acho que o torcedor está no direito de cobrar”.
Sobre sua saída, Dutra disse que na quinta-feira (08/03) havia recebido uma proposta do Japão para encerrar sua carreira fora do país, inclusive, com possibilidade para se tornar dirigente do Clube no final do contrato.
“Quinta-feira passada eu recebi um convite de um Clube do Japão, com uma proposta inclusive de trabalho após o encerramento da minha carreira e após conversa com minha família, comuniquei ao Clube e coloquei à disposição para depois da minha carreira dar continuidade para depois do futebol. É uma coisa que poderia ter acontecido aqui no Brasil. Pedi o desligamento do Santa Cruz. Sei que não era o momento, pois estamos vivendo um momento tumultuado por essa eliminação, mas estou saindo com o coração partido.
Além disso, Dutra pediu perdão ao torcedor do Santa Cruz: “Estou pedindo perdão ao torcedor do Santa Cruz, por essa derrota ou por alguns jogos que a gente não consiga agradar, mas estou indo pra um local que me trouxe muita felicidade e após minha carreira eu tenha  a oportunidade dentro do futebol”.
Perguntado se sua ida no começo do ano ao país japonês já tenha sido para acertar detalhes de sua partida, o lateral esquerdo disse que naquele momento havia ido apenas resolver problemas particulares, de escola do filho e bancária e nada relacionado a isso.
Além disso, Dutra afirmou ainda que já estava em seu pensamento encerrar sua carreira no ano de 2012 e como resolveu continuar, renovou com o time coral, a proposta do Japão só apareceu agora e após conversa, resolveu optar em ir.
Sobre o convite, Dutra disse que um atleta da posição se machucou no time do Japão e ao mesmo tempo a possibilidade de continuar como dirigente após o tempo de contrato.
Indagado em relação ao momento do anuncio, já que o Santa Cruz passa por uma fase difícil e está envolto com um protesto de torcedores, o jogador afirmou que todo grupo que foi vencedor passou por momentos difíceis e têm obstáculos a serem vencidos e derrotas que os torcedores, treinador e diretoria cobram. Dutra acrescentou ainda que ano passado quando ainda não estava aqui, houve uma cobrança parecida e a equipe foi campeã.
Dutra finalizou dizendo: “esse tipo de cobrança é assimilada pelo jogador como natural pelo momento, já que estamos passando por um momento ruim e isso não será só aqui no Santa Cruz, será em qualquer equipe. Nós jogadores é que temos que mudar dentro de campo”.
 
Do Loucos Pelo Santa

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.