A OSCILAÇÃO CORAL É A PRINCIPAL PREOCUPAÇÃO DE ZÉ TEODORO

A equipe coral vem preocupando os torcedores, com a sua oscilação dentro de campo, e para resolver esse problema o treinador Zé Teodoro vem tentando repetir o time a cada jogo mas isso não vem sendo nada fácil. O treinador aposta em uma sequencia de bons jogos, e espera que o rendimento da equipe volte o mais rápido possível. "Temos que lembrar as coisas boas. 

Até agora estou aborrecido com o jogo do Ypiranga. Não se admite aquele rendimento e ainda aconteceu o que aconteceu. Mas faz parte do passado, não vou mais falar de erros da arbitragem. Não podemos ter essa oscilação e irregularidade. Eu esperava uma sequência e ela ainda não veio, mas vai vir na hora certa", disse Zé Teodoro.

Para escalar a equipe contra o Serra Talhada, Zé Teodoro poderá ter o desfalque do meia-atacante Carlinhos Bala. Outros dois desfalques já são certos: Wesley e Diogo, ambos suspensos por receberem o terceiro cartão amarelo. Para a vaga desses dois jogadores, Zé Teodoro irá contar com o meia Luciano Henrique e o lateral-direito Eduardo Arroz. 

Luciano Henrique vai para o jogo buscando dar mais movimentação a equipe coral. "A gente vem treinando para isso. O professor vem pedindo para valorizar a posse de bola. Tocar, movimentar bastante. Só assim vamos envolver a equipe adversária. Quem vem jogar aqui contra a gente marca muito, por isso temos que ter movimentação. Se ficar parado, facilita muito a marcação adversária. Espero fazer isso no jogo, preenchendo espaço."

Eduardo Arroz volta depois de algumas semanas vetado pelo departamento médico, ainda sem a condição física ideal, ele volta a titularidade. “Tenho que marcar bastante e apoiar. As equipes vêm fechadas e o Serra Talhada não será diferente. O Zé fez um trabalho imaginando como será o jogo, então nós temos que marcar forte e sair para o ataque. Trabalhamos isto bastante e amanhã tem mais um pouco para que no domingo isso possa acontecer”

A provável escalação coral será: Tiago Cardoso; Eduardo Arroz, Leandro Souza, William Alves e Dutra; Memo, Léo, Renatinho e Carlinhos Bala (Luciano Henrique); Geílson e Dênis Marques. A duvida ficará realmente no meio campo, entre Carlinhos Bala e Luciano Henrique. 

O Serra Talhada vem para o jogo após uma vitória por 1 a 0 em cima do 4º colocado, Petrolina. O Serra Talhada conseguiu vencer o clássico sertanejo com um gol marcado pelo centro-avante Jessuí, famoso pela comemoração da "chuteira-fone", marcou o solitário gol aos 20 minutos do segundo tempo. Essa vitória serviu para tirar o time da zona do rebaixamento, mas se quiser se manter fora terá que vencer o Santa Cruz no Arruda.


Por Bruno Soares


Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.