Sobrevida para Zé Teodoro

O Santa Cruz conseguiu vencer seu maior algoz, o Central, em Caruaru. A vitória de virada por 2x1 dá uma sobrevida para o técnico Zé Teodoro e abre uma boa vantagem para o 5° colocado no pernambucano.

O Santa foi pro jogo neste domingo no 3-5-2 com: Thiago Cardoso, William, Éverton Sena, Memo (improvisado na zaga); Diogo, Anderson Pedra, Chicão e Wesley e Renatinho; Geílson e Dênis Marques.

Diogo voltou à ala-direita no lugar do Eduardo Arroz. Renatinho assumiu a ala-esquerda com a saída do Dutra. Anderson fez a cabeça de área com o Memo jogando recuado de terceiro zagueiro, mas o que surpreendeu foi a escalação do Chicão, pra mim o pior volante do elenco coral (incluindo Éder Túlio que nunca jogou e qualquer volante da base), e ainda por cima com a camisa 10. Mais uma vez a tática de Zé Teodoro foi jogar pelas alas, dessa vez com Renatinho e Diogo.

O problema é que Wesley não consegue jogar sozinho no meio já que o Chicão não serve pra nada. Resultado o Central começou mandando no jogo, até aos 28 minutos quando Geílson saiu machucado para a entrada do Flávio Caça-Rato, com a mudança o Santa conseguiu ao menos equilibrar a partida até o fim do primeiro tempo.

Na segunda etapa, logo aos 9 minutos veio o balde de água fria, gol do Central. Após cruzamento de escanteio, a defesa coral bateu cabeça e Viola abriu o placar, Central 1x0 Santa Cruz. Parecia o fim da era Zé Teodoro.

Sabendo que não podia perder, Zé Teodoro mexeu imediatamente na equipe, colocando Luciano Henrique e Carlinhos Bala, nos lugares de Chicão e Wesley, era o golpe de misericórdia, e acabou dando certo. Com as mudanças o time foi pra cima e começou a pressionar o Central, até que aos 26 minutos após cabeçada de Carlinhos Bala, Luciano Henrique aproveitou o rebote do goleiro para empatar, Central 1x1 Santa Cruz.

O Santa ainda não satisfeito continuou pressionando e após grande jogada individual do Dênis Marques, que saiu costurando toda a defesa centralina veio a virada, Central 1x2 Santa Cruz. Placar final, para alívio da torcida e principalmente de Zé Teodoro.

Mesmo com a vitória não devemos nos iludir, este resultado não apaga o vexame no copa do Brasil quarta passada. Pelo jogo deu pra perceber que Zé Teodoro está cada vez mais deixando Léo de lado e o Wesley também não é mais unanimidade. Só não dá pra escalar o Chicão de titular, o Luciano Henrique entrou bem e deve permanecer na equipe.

De positivo do jogo, o esquema adotado pelo Santa: o 3-5-2, com Renatinho e Diogo jogando de alas pode dar muito certo e deve ser mais explorado nos próximos jogos. Além disso, os jogadores se fecharam com o treinador, isso traz mais vontade à equipe, coisa que não aconteceu quarta-feira, se isso vai dar certo; se Zé Teodoro vai continuar no Santa; só os próximos jogos dirão.

Arthur Holanda

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.