ENTENDENDO OS POSSÍVEIS ESQUEMAS DE ZÉ TEODORO‏



O técnico Zé Teodoro ficou conhecido em 2011 pela sua postura defensiva que levou a equipe coral ao titulo pernambucano. Naquela época a torcida entendia o esquema utilizado, pela deficiência técnica da equipe em alguns setores ofensivos. Após o titulo pernambucano, o treinador passou a receber uma pressão da torcida para utilizar a equipe mais ofensiva, com uma postura de time grande, pois a equipe estava na série D. 

Apesar da boa campanha, o esquema utilizado não foi muito aprovado pela torcida e pelo próprio técnico. Essa não aprovação fez com que a pressão sobre o treinador aumentasse para que ele pudesse encontrar o melhor esquema. Foram utilizados vários esquemas táticos durante o campeonato e como a equipe não encontrou um padrão de jogo, a torcida coral está com uma grande dúvida: Qual o esquema será utilizado por Zé Teodoro para as finais?

Já é uma característica de Zé Teodoro mudar a postura da equipe de acordo com o adversário, então não se deve esperar a mesma equipe para todos os jogos das finais. Vamos pensar um pouco em alguns esquemas prováveis para o primeiro jogo da semi-final contra o Salgueiro...

4-4-2 

Uma formação mais equilibrada com dois zagueiros, dois laterais, dois volantes, dois meias e dois atacantes. Essa formação já foi utilizada algumas vezes pelo Santa Cruz em alguns jogos no campeonato, mas como é uma formação mais equilibrada que nem favorece muito o ataque, nem a defesa, dificilmente será utilizada. É uma aposta para o jogo de volta, dependendo, obviamente do resultado do primeiro jogo.

3-5-2

Esquema utilizado na ultima partida contra o Sport. Favorece bastante a defesa e necessita de uma boa participação dos laterais, que nesse esquema fazem a função de ala. A fraca atuação da equipe no clássico pode interferir a escolha desse esquema para o técnico, mesmo assim o treinador pode optar por esse esquema por está jogando fora de casa. 

4-4-2 com 3 volantes

Esquema bastante usado pelo treinador e que parece ser o favorito dele. Isso por que a equipe, em determinados momentos da partida, pode jogar no 4-4-2 de maneira mais equilibrada ou no 3-5-2 de maneira mais defensiva. Nesse esquema o treinador utiliza 3 volantes onde um deles tem uma habilidade maior para sair jogando, fazendo a função de meia ou utilizando um outro volante, mais de marcação, como terceiro zagueiro. É a formação mais cotada para o jogo, mas o técnico Zé Teodoro é imprevisível e pode surpreender a todos no domingo.

O que temos que fazer é aguardar e torcer bastante pela equipe, para que possamos conquistar o bi-campeonato pernambucano. 

Por: Bruno Soares 

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.