Jornalista sudestino critica duramente o show de Paul McCartney, no Recife

Paul McCartneyA revista Gaúcha "Rolling Stone", como todos os outros portais de notícias, fizeram um balanceio do show de Paul McCartney, ontem no Arruda. De forma enojada e pejorativa criticou os Pernambucanos e a plateia que ouvia as belíssimas músicas do cantor britânico e ex-beatle. 

O colunista de plantão Paulo Terron criticou o clima da cidade Pernambucana e as pessoas presentes no show de Paul como "mal educados e barulhentos".

Veja a matéria completa: 

"Não era dia de jogo no estádio do Arruda, mas Paul McCartney teve de disputar uma partida dura contra dois adversários em Recife, neste sábado, 21: o calor excessivo e a plateia barulhenta e desinteressada de quase 50 mil pessoas que ali estavam para abertura brasileira da turnê On The Run.

O ex-beatle subiu ao palco às 21h35, com “Magical Mystery Tour” e, em poucos minutos, já estava encharcado de suor. Mais do que isso, parecia incomodado, passando a mão pelos cabelos e rosto constantemente, e, por vezes, ficando com o olhar perdido nas pausas entre as canções. Entre “Junior’s Farm” (tocada pela primeira vez em solo nacional) e “All My Loving”, o britânico abandonou o blazer preto para revelar uma já também molhada camisa branca.

McCartney fez questão de anunciar que outra faixa, “The Night Before”, faria sua estreia no Brasil. Mas o que poderia ser uma informação empolgante acabou completamente perdida em um público que parecia mais interessado em conversar e tirar fotos (não do show – mas uns dos outros). Em momentos mais intimistas como na homenagem a John Lennon com “Here Today”, chegava a ser difícil ouvir a música, abafada pela conversa em alto volume no estádio.

Poucos momentos roubaram a atenção dos pernambucanos por completo: as explosões e o fogo de “Live and Let Die” foram mais barulhentos que o público, enquanto os hits “Yesterday” e “Hey Jude” (com McCartney errando discretamente a letra) colocaram as bocas dos pagantes à serviço do show. “Povo arretado”, brincou o músico, em português, algumas vezes ao longo das quase três horas de apresentação.

Já recuperado do calor lá pelo meio da noite – quando a temperatura finalmente cedeu e baixou -, Paul McCartney brilhou: dedicou a nova “My Valentine” à “belíssima esposa Nancy” (mais uma vez na língua local) e lembrou, apontando para o céu, que a canção seguinte, “Maybe I’m Amazed”, fora escrita para Linda McCartney.

Na volta para o bis final, Paul McCartney voltou ao palco com uma bandeira de Pernambuco (o baterista Abe Laboriel Jr carregava uma flâmula de pirata, inexplicavelmente) e fechou a noite com a explosiva sequência “Yesterday”, “Helter Skelter” e “Golden Slumbers”/”Carry That Weight”/”The End”. No sábado, o inglês venceu a partida. Mas no domingo, 22, o público de Recife terá revanche."



Opinião


" Hoje, no Brasil, vivemos há meio de preconceitos babacas e inúteis. Considerado por muitos fãs do cantor, não apenas Pernambucanos, de várias regiões do país e de vários lugares do mundo, o melhor show no Brasil. Será que estávamos no mesmo show de Paul McCartney? 


Nele o que eu vi foi a emoção, a admiração e o respeito de cerca de 60 mil fãs, das mais variadas gerações, que cantaram junto, aplaudiram muito o magnífico artista  carismático, competentíssimo que, mesmo falando outro idioma, sabe muito bem o que representa para nós Pernambucanos o real significado the expressão "Povo Arretado"!


Aceite meu conselho: quando não se tem o que falar, é melhor ficar calado! E com seus comentários inescrupulosos está tornando a revista, tão bem caracterizada, descreditada. 


É por causa de jornalistas irresponsáveis, preconceituosos e revoltados como você que pessoas que não foram ao show ficam com uma imagem distorcida do que realmente aconteceu. 


Desse jeito, você só se mostra um jornalista de segunda categoria, frustrado e que está tentando descontar alguma coisa na plateia que está de parabéns.


Não é a toa que a Rolling stone Brasil (blog) está cada vez mais afundando. Repensem em seus colaboradores. Tanta gente boa que escreve por aí... E tanta gente incompetente ganhando vaga e dinheiro na profissão errada! "


Rhayann Vasconcelos


Link da notícia: http://rollingstone.com.br/noticia/em-recife-paul-mccartney-enfrenta-calor-e-povo-arretado/?fb_comment_id=fbc_10151575748195492_32697193_10151576950610492#f1b48fd75c














Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.