PRÉ JOGO: Sport busca o 40º título, Santa Cruz o bicampeonato, domingo, na Ilha


Sport x Santa Cruz  (Foto: Aldo Carneiro)Não há dúvidas de que a Ilha do Retiro estará completamente tomada para a decisão do Campeonato Pernambucano, domingo, entre Sport e Santa Cruz. A bola só começa a rolar às 16h, deste domingo, mas outra certeza é que a festa irá começar horas antes. Principalmente para a torcida rubro-negra, pois a data marca os 107 anos de fundação do clube. Além disso, os leoninos ainda contam a vantagem do empate para conquistar o 40º título estadual. 

A vantagem foi conquistada pela melhor campanha na primeira fase e pelo 0 a 0 no jogo de ida, no Arruda. Mas do lado tricolor também não falta otimismo, pois a equipe coral precisa apenas de uma vitória simples para ficar com o título de bicampeão.

Apesar da vantagem do empate, o técnico Mazola Júnior garantiu que vai entrar em campo procurando a vitória. Além disso, outro fator que motiva o Leão na busca por gols é o desejo de Marcelinho Paraíba conquistar, pela primeira vez, o título de artilheiro. Com 14 gols, ele divide a artilharia do Estadual com Dênis Marques, principal esperança do ataque tricolor. O duelo particular entre os dois será outro aperitivo para a decisão.

header as escalações 2

Sport: O técnico Mazola Júnior até tentou esconder a escalação para a partida realizando um treino secreto, mas os prédios que cercam a Ilha do Retiro acabaram denunciando a estratégia do treinador. Como revelou ao longo da semana, o técnico reconhece que a vantagem do regulamento não é tão larga como foi na semifinal. Isto porque, o Leão venceu o primeiro jogo contra o Náutico por 2 a 0 e foi para a decisão podendo perder por até um gol de diferença.

Mazola, técnico do Sport (Foto: Aldo Carneiro)
Agora, diante do Santa Cruz, a vantagem se resume ao empate. Mazola e os jogadores fizeram questão de destacar que a vantagem é muito pequena e não vão abrir mão de entrar em campo procurando uma vitória. Desta forma, o técnico deve manter o esquema com três zagueiros, além de Rivaldo improvisado na lateral esquerda e com dois atacantes.


Magrão; Edcarlos, Bruno Aguiar e Ailson; Moacir, Hamilton, Diogo Oliveira, Marcelinho Paraíba e Rivaldo; Jael e Jheimy.


Santa Cruz: O técnico Zé Teodoro foi bem mais extremista que o rival Mazola Júnior e fechou praticamente todos os treinos da equipe – até mesmo o recreativo do sábado. O único trabalho aberto foi na terça-feira, quando os atletas se reapresentaram no Arruda. Porém, apenas de todo o mistério, não será difícil imaginar que o time não deve ter mudanças em relação ao da primeira decisão.

Zé Teodoro, técnico do Santa Cruz (Foto: Aldo Carneiro)
Como precisa vencer, Zé Teodoro deve manter a equipe com dois meias ofensivos, com Natan atuando ao lado de Luciano Henrique. A única dúvida é sobre o companheiro de Dênis Marques no ataque. Mesmo com o retorno de Geílson, o treinador coral iniciou o jogo do último domingo com Flávio Caça-Rato.


Tiago Cardoso, Diogo, William Alves, Vágner e Renatinho; Memo, Anderson Pedra, Luciano Henrique e Natan; Dênis Marques e Flávio Caça-Rato (Geílson).





Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.