Santinha News fez um levantamento dos adversários do tricolor na primeira fase da Série C


O bi-campeonato pernambucano é passado. Agora, a equipe coral foca totalmente na série C que já começa neste próximo domingo (27/05). O Santa Cruz estréia contra o Guarany de Sobral no Arruda. Além do Guarany de Sobral, os tricolores também encaram nessa primeira fase o Salgueiro, Fortaleza, Rio Branco-AC, Luverdense-MT, Paysandu, Cuiabá, Icasa-CE e Águia-PA. Para que os torcedores corais conheçam um pouco mais os adversários do tricolor na primeira fase, o Santinha News fez um levantamento de como cada time se comportou até o momento, em 2012. 

Salgueiro

Desnecessário dizer que a força do Salgueiro está em seu grupo, que por pouco não deixou o Santa Cruz de fora das finais do Campeonato Pernambucano. No entanto, o Carcará (3º colocado no Estadual) perdeu o meia Élvis e o atacante Fabrício Ceará (este para o próprio Santa Cruz). Também pode ficar sem outro destaque, o zagueiro Alemão, que pode ser negociado. O time se reforçou com outros jogadores do Estado, como o zagueiro Uílton (Petrolina), o volante Rodolfo Potiguar (Porto) e os meias Vassoura (Araripina) e Kássio (Serra Talhada). Já o atacante Joélson, artilheiro do Porto, desistiu do e foi para o ABC.

Fortaleza

Será um dos adversários mais fortes da primeira fase. Após uma reformulação no final do ano passado - quando quase foi rebaixado à Série D nacional -, apenas oito jogadores permaneceram no clube, que se reforçou e conseguiu montar um time entrosado sob o comando de Nedo Xavier. Depois de perder o Estadual para o Ceará, novas contratações têm chegado para a Série C. O principal nome é o atacante Marcelo Régis, que vem do Resende-RJ, e o lateral-esquerdo Marinho Donizete, ex-Boa Esporte. Os destaques do Leão são os atacantes Cléo e Jaílson (ex-Santa Cruz) e o meia Geraldo (ex-Sport e Náutico) - vale lembrar que a equipe cearense eliminou o Náutico pela segunda fase da Copa do Brasil. 

Rio Branco-AC

Após um mau começo na temporada - em que foi goleado por 6X0 pelo Cruzeiro na Copa do Brasil e teve um péssimo primeiro turno no Campeonato Acreano -, o Rio Branco começou um processo de recuperação. A equipe melhorou de rendimento e está nas semi-finais do Estadual. Ex-técnico do Náutico em 2010, Guilherme Macuglia assumiu o time há menos de uma semana e recebeu, até o momento, seis reforços que só poderão ser utilizados na Série C do Brasileiro. Os destaques do time são os meias Douglas e Nenem. 

Guarany de Sobral

O ano de 2012 não tem sido bom para o algoz do Santa Cruz na Série D de 2012 e adversário coral na estréia, no próximo domingo (27/05). O Guarany de Sobral terminou apenas em 8º no Cearense, brigando apenas para não ser rebaixado à 2ª divisão estadual. O elenco está sendo remontado para a Série C: doze jogadores ficaram e 9 foram contratados. São esperados, pelo menos, mais três reforços para melhorar a equipe do técnico Júlio Araújo. 

Luverdense-MT

O Luverdense está com moral elevado após ter sido campeão mato-grossense. Os destaques da equipe são os experientes Valdir Papel, atacante ex-Sport, de 32 anos, e o volante Everton, dispensado pelo Náutico no final do ano passado. No comando, o pernambucano Dado Cavalcanti, que conhece como poucos o Santa Cruz - foi treinador da equipe em 2009 e em 2010, além de ter participado da comissão técnica em outras oportunidades. 

Paysandu 

Algoz do Sport na Copa do Brasil, o Paysandu não fez boa campanha no Estadual - terminou na quarta colocação, fora das semifinais dos turnos. O clube tem feito campanha com a torcida para lotar o Mangueirão, tornando o estádio uma arma à parte pelo acesso a Série B. A defesa é o ponto fraco do Papão da Curuzu, que tem como destaques ofensivos o afoito lateral-direito Pikachu e o habilidoso mais Thiago Potiguar. 



Cuiabá 

O Cuiabá manteve a base do time e a comissão técnica da equipe vice-campeã mato-grossense - derrotada nos pênaltis pelo Luverdense. O treinador Ary Marques indicou reforços, que têm chegado aos poucos na equipe - o principal é o atacante Josiel, artilheiro da Série A do Brasileiro em 2007, pelo Paraná, e que estava recentemente no Macaé, do Rio de Janeiro, onde marcou 7 gols no Estadual. 

Icasa-CE

Desde 2011, o Icasa vem apresentando problemas, principalmente no extracampo, com o meia Júnior Xuxa (ex-Ypiranga e Porto) e a comissão técnica - o jogador acabou se desligando do clube e acertou com o Paysandu. No Cearense deste ano, o time chegou a brigar para entrar no G-4, mas a real luta foi contra o rebaixamento - terminou na 9ª colocação, com os três seguintes sendo rebaixados. O jovem meia-atacante Bismarck (não confundir com o que jogou no Santa) foi o destaque do time. 

Águia-PA

O Águia de Marabá disputou as duas finais de turno do Paraense, mas perdeu ambas e terminou em 3º na classificação geral. O time é entrosado e tem como nome mais forte o treinador João Galvão. O meia Juliano - que defendeu o Náutico em 2009 e foi dispensado recentemente pelo Paysandu - foi a contratação mais recente, mas outros nomes devem pintar até a estréia pela Série C. 

Por: Bruno Soares

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.