CBF pode voltar atrás e incluir o Treze-PB na Série C ainda nesta sexta-feira

Após divulgar a tabela da Série C na tarde desta quinta-feira sem o Treze-PB, tudo leva a crer que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) voltará atrás e incluirá o time de Campina Grande na competição nacional. A informação foi passada pelo diretor de futebol do Santa Cruz Albertino dos Anjos, que em conversa com o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, recebeu a notícia.

Evandro está na sede da CBF, no Rio de Janeiro, em reunião com a cúpula da entidade. "Tudo indica que o Treze vai ser incluído. É uma bagunça generalizada. A CBF agora está entendendo que é melhor acatar o que a Justiça está pedindo. O que não sabemos é se o Treze vai entrar no lugar do Rio Branco-AC ou se vai realizar a competição com 21 clubes", explicou.

De acordo com Albertino dos Anjos, o Santa Cruz, inicialmente, quer o início da competição independente de quem vá jogá-la. "O que o Santa Cruz está desejando que comece logo. O problema de ter 21 clubes é que teremos que encaixar várias rodadas no meio da semana e ficar jogando quarta e domingo, o que penalizaria os clubes que não têm nada a ver com o problema", pontuou.

O novo problema

No fim da tarde da quinta-feira, após a divulgação oficial da tabela da Série C sem o Treze, o juiz substituto Falkandre de Sousa Queiroz, da 1ª Vara Cível de Campina Grande, deferiu um pedido de liminar interposto pelo clube paraibano contra a CBF, o STJD e o Rio Branco. A decisão obriga a imediata inclusão do clube na competição. Inclusive, a liminar inclui o uso de intervenção policial para o caso de a ordem não ser cumprida.

De acordo com o documento expedido pelo juiz, os responsáveis envolvidos no caso serão obrigados a pagar R$ 100 mil diários em caso de início da competição sem o Treze, além de R$ 5 mil diários para cada dia de não cumprimento da decisão. Falkandre de Souza Queiroz ainda ordena que os clubes e federações locais não permitam a realização dos jogos em seus estádios sob pena de também serem multados em R$ 100 mil.

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.