TRICOLOR FICOU APENAS NO EMPATE EM AMISTOSO CONTRA O CHÃ GRANDE


Tricolor ficou apenas no empate em amistoso contra o Chã GrandeDomingo é dia de ver o Santa Cruz jogar! Pena que não seja pela Série C, mas a equipe tricolor procura driblar com trabalho o impasse da competição nacional. De volta à Chã Grande, cidade  onde iniciou a temporada, o Santa Cruz enfrentou o time local e acabou empatando por 3x3.

Time: Utilizando a força máxima, Zé Teodoro mandou a campo, no início do jogo, os jogadores considerados titulares: Diego Lima, Diogo, Édson Borges, William e Renatinho; Chicão, Memo, Weslley e Luciano Henrique; Dênis Marques e Fabrício Ceará.

No segundo tempo, o time foi todo reformulado e os suplentes entraram em campo: Fred, Maisena, Diego Bispo, César e Jefferson; Sandro Manoel, Everton Sena, Victor Hugo e Maranhão; Flávio Recife e Paulista. 

O jogo: No reduto Tricolor no Agreste pernambucano, o Santa Cruz encontrou o refúgio necessário para dar sequencia a preparação para a Série C, ainda sem data de início. Tendo como novidade a estreia do zagueiro Edson Borges, a equipe tricolor procurou fazer o “dever” na sua casa Agrestina.

Encarando o adversário que derrotou no Arruda, há duas semanas, por 3x0, a equipe tricolor buscou repetir o resultado logo nos primeiros minutos de jogo. Buscando manter o Chã Grande no próprio campo de jogo, o time não deu brecha para o adversário. Entretanto, o Chã Grande, encarando o amistoso como uma revanche, tratou de complicar a vida do Santa Cruz.

Em um confronto disputado, marcado pelo equilíbrio, levou a melhor no primeiro tempo a equipe mais oportunista, no caso o Santa Cruz . O adversário bem que tentou estragar os planos corais, ao explorar os contra-ataques, chegando a abrir o placar com o ex-tricolor Marcos Mendes. Entretanto, o Santa Cruz acordou após o revés, encarando o embate com maior atenção.

Em busca da reação, a equipe tricolor procurou encurralar o Chã Grande, se mandando ao ataque de forma mais incisiva. A virada acabou sendo inevitável. O gol de empate saiu dos pés de Renatinho, em boa jogada individual e o segundo veio com o estreante Edson Borges, cabeceando para o gol após cobrança de escanteio. Um 2x1 satisfatório, que expôs o poder de reação do time.

No segundo Tempo, com uma formação totalmente alterada, o Santa procurou manter a vantagem. Porém, o Chã Grande seguiu imbuído de devolver a goleada sofrida em Recife e se aproveitou da falta de ritmo de jogo dos suplentes para esboçar uma reação.

Aproveitando-se de dois momentos de desatenção do Corais, o adversário conseguiu a virada. O tricolor chagou ao empate com Jefferson, de pênalti. Com o gol, o lateral esquerdo coral acabou se redimindo, já que havia desperdiçado uma cobrança. Apesar dos 3x3, a movimentação terminou por ser salutar ao Santa Cruz, levando o fato de que o time titular venceu, no primeiro tempo da partida. Outro aspecto relevante foi a estreia do zagueiro César.

Agora, o elenco Tricolor espera que esse, definitivamente, tenha sido o último amistoso antes do início da Série C. Com aproveitamento satisfatório nos amistosos que fez, a equipe tricolor pode-se dizer que está preparada.

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.