Martelotte diz que não ficou chateado com vaias da torcida do Santa Cruz




Apesar das vaias dos torcedores após a vitória do Santa Cruz por 2 a 1 sobre o Pesqueira, pelo Pernambucano Coca-Cola, o técnico Marcelo Martelotte não demonstrou frustração com a torcida tricolor. Segundo ele, esse tipo de atitude é normal dentro das dificuldades que o clube vive nos últimos anos. "Entendo o torcedor, ele está no direito dele. Não foi por essa partida que ele nos vaiou. Essa torcida carrega uma grande decepção faz algum tempo", disse.

Sobre a partida do sábado passado, Martelotte avaliou que o seu time se deu melhor no segundo tempo, quando o atacante Flávio Caça-Rato entrou na partida. O passe foi uma das queixas do comandante. "Tivemos problemas na ligação direta e no passe errado. No entanto, na segunda etapa a equipe se mostrou melhor com um postura de time que queria mais. Ainda estamos longe do ideal, mas vamos consertar e melhorar algumas situações", afirmou.

Sobre o gol do jovem Éverton Heleno, jogador que foi escolha do treinador durante o jogo, Marcelo não escondeu a satisfação. "É um jogador talentoso que pediu uma oportunidade para nós e demos. Ele mostrou estrela, marcou o gol da vitória, Fico muito satisfeito por ele".

Fillipi Torres

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.