Natan comemora boa sequência de jogos e novo posicionamento no Santa Cruz




Já são oito partidas seguidas. Cada uma delas, uma vitória para o jovem Natan. Cada vez que entra em campo, o meia deixa para trás um passado de lesões. E comemora. Nitidamente, o atleta está mais solto. Dentro e fora de campo. Em parte pela felicidade de, enfim, fazer sem medo o que mais gosta, que é jogar futebol. Mas também por estar atuando numa função que gosta, mais à vontade, sem a responsabilidade de marcar.

Felicidade que só foi um pouco quebrada pela lesão do companheiro de time e grande amigo Renatinho, na tarde desta quinta-feira. O baixinho voltava a treinar após um período de fora, quando voltou a sentir dores na coxa esquerda. Uma situação pela qual Natan já passou e que não quer nem lembrar. “Rapaz, prefiro nem me ver mais assim. Prefiro me ver alegre, jogando, como agora. É bem melhor”, contou.

Mas a palavra amiga ao companheiro que passa por uma situação difícil existe. E ninguém melhor do que Natan para passá-la. “O que vou dizer a ele? Que ele levante a cabeça e acredite em Deus, que você vai se recuperar o mais rápido possível, e voltar a nos ajudar dentro de campo”, afirmou o meia, que descreve o que passa na cabeça de um jogador quando sofre uma recaída de uma lesão. “O que passa é que temos que começar tudo de nova, o que é muito difícil, porque é o que atrasa a nossa vida”.

Em campo, Natan comemora a boa fase. Está mais solto, graças ao novo posicionamento em campo imposto pelo técnico Marcelo Martelotte. “A gente da frente está com mais liberdade para jogar. O professor Zé Teodoro gostava de uma marcação individual. Agora não. Me desgasto menos marcando e quando tenho a bola no pé posso jogar mais e chegar mais perto dos companheiros de ataque”, observou o meia, admitindo que prefere essa função. “Para o meu estilo é muito melhor”.

Fillipi Torres

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.