Santa Cruz vence o Campinense por 2 a 0

 (Arte sobre foto de RICARDO FERNANDES/DP/D.A PRESS/)

No estádio do Arruda, diante de 20.029 torcedores, o Santa Cruz garantiu a classificação antecipada para a próxima fase da Copa do Nordeste ao vencer o Campinense por 2 a 0 e de quebra tomar do adversário a liderança do grupo D da competição. Apesar da derrota, o Campinense também já está classificado para as quartas-de-final da competição.
O jogo foi marcado pelo clima de revanche, já que o Campinense havia vencido o Santa Cruz na primeira partida, em Campina Grande, por 3 a 0, deixando o adversário em má situação com a torcida, ainda na segunda rodada da competição. O meio-campo Renatinho e o zagueiro William Alves marcaram para o Santa Cruz. O Campinense ainda teve o lateral-esquerdo Panda expulso aos 25 minutos do segundo tempo.
As duas equipes voltam a jogar na próxima quarta-feira, pela sexta e última rodada da primeira fase da Copa do Nordeste. O Santa Cruz vai a Maceió, para enfrentar o CRB, no estádio Rei Pelé, às 21h15 (horário do Recife). No mesmo horário, o Campinense recebe o Feirense, no estádio Amigão.
Renatinho o nome do primeiro tempo
O técnico coral, Marcelo Martelotte, surpreendeu na escalação ao entrar com Danilo Santos no lugar de Philco, no ataque, numa tentativa de dar mais mobilidade ao setor ofensivo tricolor. Já a Raposa entrou em campo com dois desfalques: Tiago Granja e Zé Paulo, suspensos, deram lugar a João Paulo e Ricardo Maranhão.

Apesar de já classificada para a próxima fase, a equipe paraibana não quis saber de esperar o adversário e foi pra cima do Santa nos primeiros minutos de jogo. Jeferson Maranhão teve as melhores oportunidades. Aos nove minutos, o atacante bateu forte, de fora da área, levando perigo à meta do goleiro Tiago Cardoso.  A defesa tricolor, um tanto atrapalhada, passou por alguns sustos enquanto que o ataque da cobra coral tinha dificuldades para vencer a marcação imposta pelo Campinense.

Só aos 15 minutos, o Santa Cruz conseguiu dar seu primeiro chute a gol. E foi certeiro. Tiago Costa fez o cruzamento, a bola ficou com Renatinho que se livrou de Glaybson e mandou a bomba pra rede do goleiro Pantera, marcando um a zero para o time da casa. Cinco minutos depois Renatinho fez outra tentativa, mas desta vez a bola saiu por cima.
Em desvantagem no placar, o Campinense passou a dominar as ações do jogo e teve a grande oportunidade de empate aos 38 minutos quando Panda avançou pela esquerda e cruzou. Bismarck, de cara para o gol e livre de marcação, perdeu a chance. Aos 45 minutos, o último bom momento do primeiro tempo, quando Luciano Sorriso tocou para Natan. Mas o goleiro Pantera livrou o Campinense de ir para o intervalo com uma desvantagem maior.
William Alves, do banco para a galera
O Santa voltou a campo para o segundo tempo com uma alteração na defesa: William Alves substituiu César. E o zagueiro mostrou ter estrela, porque aos 3 minutos, depois de uma cobrança de falta de Luciano Sorriso, William Alves subiu para cabecear pro gol, ampliando para o Santa Cruz. Já aos 10 minutos, por pouco o autor do segundo gol não virou vilão, quando tentou cortar uma bola na área tricolor e quase fez contra.
O Campinense, em busca de diminuir o placar, arriscou de longe, com Selmir, que havia entrado no segundo tempo. A bola passou raspando a trave de Tiago Cardoso.  Aos 26 minutos a situação ficou ainda mais difícil para o Campinense quando Panda fez falta em Danilo Santos e foi expulso de campo. Logo em seguida o tricolor teve uma grande chance de marcar mais um com Tiago Costa que mandou uma bomba em direção ao gol. A bola explodiu na trave. Com um a menos, o Santa Cruz não conseguiu se recuperar e perdeu a primeira posição do grupo, diante de um Arruda em festa.
santa cruz x campinense (Foto: Antônio Carneiro / Pernambuco Press)

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.