Santa Cruz fica apenas no empate contra o Serra Talhada, no Sertão



O Santa Cruz enfrentou o Serra Talhada na tarde deste domingo e apenas empatou pelo placar de 1x1. O gol tricolor foi marcado por Flávio Caça-Rato.

Com esse resultado o Mais Querido chegou aos 13 pontos em sete jogos. O proximo compromisso do Santa no Pernambucano é diante do Petrolina no domingo (24/03), às 16h, no Arruda.

O TIME  - Descontente com seu time e com alguns jogadores lesionados, o treinador Marcelo Martelotte resolveu modificar a sua equipe base que vinha jogando. Na lateral esquerda, sem Tiago Costa, o jovem Patrick foi o escalado; no meio de campo Sandro Manoel ganhou o posto de Luciano Sorriso e Léo ficou com o lugar de Natan, também lesionado.

Assim o Mais Querido formou com: Tiago Cardoso, Everton Sena, Vágner, César e Patrick; Anderson Pedra, Sandro Manoel, Léo e Jefferson Maranhão; Flávio Caça-Rato e Dênis Marques.

O JOGO - A partida começou muito truncada no meio de campo, com as duas equipes marcando forte. O Santa Cruz apostava nos contra-ataques em velocidade para abrir o marcador, mas errava muitos passes e não conseguia criar chances de gol. As melhores opções de jogo do Tricolor eram pelo lado esquerdo, com o trio formado por Léo, Patrick e Jefferson Maranhão.

O Serra Talhada, mais habituado com o gramado ruim do estádio Nildo Pereira, tinha mais facilidade para sair jogando, mas também não conseguia levar perigo ao gol do Mais Querido. 

Quando a partida parecia bem equilibrada, aos 26 minutos o Serra Talhada abriu o marcador. Alex Costa cobrou falta de fora da área com maestria e mandou no ângulo do goleiro Tiago Cardoso. 0x1.

Depois de sofrer o gol a equipe coral caiu ainda mais de rendimento e viu o adversário crescer em campo. Aos 35 minutos, em uma cobrança de escanteio, Anderson mandou de cabeça no travessão de Tiago Cardoso e por pouco não marcou.

SEGUNDO TEMPO - Na volta para a segunda etapa o Serra Talhada continuou melhor em campo e criando chances de aumentar o marcador. Para tentar mudar a história da partida o treinador Marcelo Martelotte escalou o lateral Nininho na vaga de César, deslocando Éverton Sena de volta para a zaga.

A mudança deixou a equipe coral mais ofensiva e o Santa aos poucos conseguiu criar algumas chances de gol. Até que aos 16 minutos o Tricolor chegou ao empate. Flávio Caça-Rato avançou rápido em contra-ataque e chutou rasteiro, o goleiro Carlos tentou defender, mas a bola entrou nas redes. 1x1.

Depois de conseguir o empate o Santa partiu em busca da virada e Martelotte escalou o meia Caio Tavera na vaga de Léo, que já estava cansado. O Mais Querido cresceu e foi criando boas chances de virar o marcador, mas o ataque coral estava pouco inspirado e o placar terminou mesmo empatado.

No fim do jogo Danilo Santos ainda entrou na vaga de Caça-Rato, mas o placar ficou mesmo empatado.

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.