O jejum de Dênis


Um dos assuntos debatidos ontem na coletiva de imprensa foi a ausência de gols do atacante Dênis Marques. Após quatro jogos, dois meses, sem marcar, o número de partidas pode ser considerado pequeno, mas o jejum começa a incomodar já que se trata da “estrela” do elenco. Porém outros jogadores do elenco e o técnico foram solidários com o atacante.

Sandro argumentou: “Eu fiz 78 gols na minha carreira e quando passava cinco jogos sem marcar, mesmo sendo zagueiro, já ficava impaciente. Imagine a angústia e ansiedade que o Dênis está vivendo sem fazer gols, mas ele tem crédito com o clube, torcida e comissão técnica. Com tranquilidade os gols sairão”.


O meia Raul falou em apoio ao companheiro: “Dênis é um jogador importante. Sérgio Guedes disse que nós jogamos para ele.”, falou sorrindo. [...] “É matador, temos muita confiança no seu potencial. Sabemos que uma hora ou outra ele vai fazer gols. Ele faz gols nos momentos decisivos e esperamos que ele saia logo desse jejum.”

Alexandre Cabral

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.