Domingo é dia de quebra de recorde

A partida entre Santa Cruz e Betim marcará - até então - o maior público na temporada, visto que o recorde de público do cobra coral, foi na vitória sobre o Brasiliense, com 38.780 mil torcedores presentes nas repúblicas independentes do Arruda.
Crédito: ALDO CARNEIRO COSTA/Gazeta Press
Com um gol conquistado fora de casa e nenhum sofrido, o time do treinador Vica alcançara seu objetivo apenas com um empate sem gols. Em contrapartida, o técnico do Santa Cruz alertou veemente seus jogadores, destacando que o clima de "já ganhou", fica apenas com a torcida, nas arquibancadas. Os jogadores, em campo, têm de estar focados na vitória.

Para a partida mais importante em cinco anos, já foram vendidos mais de 40 mil ingressos e a promessa de recorde quebrado se tornou profecia. Já que o maior público do Santa Cruz no ano, foi diante do Brasiliense, dia 6 deste mês, quando a cobra coral venceu o time do Distrito Federal por 2 a 0, com gols de Renan Fonseca e Oziel, e avançou à fase decisiva.

Mesmo em vantagem, os tricolores precisam estar ligados na partida. O Betim é um time perigoso, e uma vitória por 2 a 1 sobre o Santa Cruz, dará a classificação ao clube mineiro, que vem brigando para continuar vivo na competição, seja dentro de campo ou no tribunal. Moral da história, para todos os efeitos, domingo é dia de Arruda lotado e fé na classificação. 

A equipe classificada, ganhará o acesso à Série B e enfrentará o Luverdense nas semifinais. O LEC eliminou o Caxias com duas vitórias e conseguiu a classificação para a Sèrie B, junto com Vila Nova e Sampaio Correa. Faltam "apenas" 90 eternos minutos para o Santa Cruz, também, conquistar o feito, e retornar à segundona, competição que não disputa desde 2007.

Felipe Holanda

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.