Vica demonstra preocupação com a condição de seus atletas


Crédito: ALDO CARNEIRO COSTA/Gazeta Press.
Com a confusão gerada na Série C, os jogadores do Santa Cruz, também, são os prejudicados. Visto que, os atletas corais estão há mais de uma semana sem jogar. Além de André Dias, Siloé, Raul e Luciano Sorriso, que não atuaram contra o Treze e não vão à campo há 16 dias. Por isso, o treinador Vica se demonstra preocupado com o ritmo de jogo dos seus comandados.

"Não tenho medo de que os atletas percam o foco. Mas sim o condicionamento físico e o ritmo de jogo. Essa confusão toda me preocupa porque esse desgaste pode acabar sendo refletido na parte técnica da equipe. Se os cartolas que estão conduzindo as datas não pensam nisso, eu, como técnico, tenho que pensar”, disse o técnico tricolor.

É fato que o excesso de jogos é tão prejudicial quanto a escassez,  e os problemas não param por aí. Por limitação - ou cara de pau mesmo - da CBF, o elenco do Santa vem colhendo os frutos da falta de organização do Brasileiro da Série C. Somos nós, jogadores, torcedores, cronistas e todos aqueles que participam do dia a dia do Santa Cruz, os mais prejudicados e os mais isentos da situação.

“O Santa Cruz é quem mais está se prejudicando. Enquanto Mogi Mirim e Betim estão em casa só treinando de olho no Santa, nós estamos rodando o Brasil inteiro e ainda sem saber quem iremos enfrentar”, destaca Vica.

Felipe Holanda

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.