Discussão na reunião e situação do Santa com o Todos Com a Nota fica ainda mais crítica

Na noite da ultima quarta-feira (7) na sede da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), o clima na reunião entre o presidente coral, Antônio Luiz Neto e a organização do Todos Com a Nota parece ter “pegado fogo”. As partes envolvidas não entraram em acordo sobre o possível jogo do Santa na Arena Pernambuco e chegou a haver discussão entre ALN e o auditor do programa, Fabiano Pereira.

Foto: Aldo Carneiro/ PE Press

Num acordo entre a FPF, o Todos Com a Nota, o Sport e o Santa Cruz, os clubes teriam que jogar pelo menos duas partidas por ano na Arena, caso não o fizessem poderiam perder o programa.

A proposta oferecida pelo Governo do Estado foi de 40 mil ingressos para o Santa, desses 40 mil 15 mil seriam do programa e o valor de cada um seria de R$ 25,00. O restante dos ingressos seriam do santa.

Porém, o presidente tricolor não aceitou a proposta e pediu 1,2 milhão para poder mandar a partida do Santa contra a Luverdense-MT para a Arena. Se ALN aceitasse a proposta o clube sairia perdendo muito, e insistiu em seu pedido, o que terminou em discussão com o auditor do programa. Com isso a situação do TCN e o Santa ficam crítica e ainda não se sabe qual será o resultado.


- O Santa Cruz desejava jogar na Arena Pernambuco, mas eu não posso admitir que o clube tenha um prejuízo. Estão nos levando para um estádio em que perdemos 20 mil pessoas, teoricamente, em público. Isso acontece porque o Arruda comporta 60 mil e a Arena, 45 mil, além de ser muito distante da cidade. Temos de ter algum benefício e não sermos prejudicados. Afirmou o presidente Antônio Luiz Neto.

Cleber Maia

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.