Santa vai encarar a massa do Sampaio Corrêa

 Acostumado a enfrentar times de pouca expressão na Série C, o Santa Cruz enfrenta a multidão da torcida maranhense na primeiro jogo da final.
Torcida da Bolívia Querida vem comparecendo em peso aos jogos. Foto: Biaman Prado/ O Estado
Depois de derrotar o Betim e o Luverdense, clubes com pouca torcida e tradição, o Santa Cruz agora enfrenta um clube de seu porte na decisão da Série C. Pelo menos em termo de presença de público. Como mandante, o Sampaio Corrêa levou 23.064 torcedores por jogo, a segunda maior média de público da competição, atrás apenas do Santa, com 27.676. Para exemplificar, a média da equipe maranhense seria a quarta maior da Série A. Já o tricolor pernambucano figuraria na segunda posição, atrás apenas do campeão Cruzeiro, com 27.850 torcedores.

Jogando diante de sua torcida, o Sampaio Corrêa tem uma das melhores campanhas como mandante na Série C. Em 12 partidas disputadas, os maranhenses foram derrotados apenas uma vez e tem excelentes 80,5% de aproveitamento. O tricolor Pernambucano já sofreu na pele o calor da torcida junto com o bom desempenho do Sampaio jogando em seus domínios. No primeiro turno, O Santa foi vencido por 3x0, a pior derrota da equipe no torneio. Ou seja, a grande decisão é a oportunidade perfeita para vencer e se sagrar como o melhor time do campeonato.

Por sinal, o Sampaio é, ao lado do CRB, a única equipe que não foi derrotada pelos tricolores, visto que no jogo do returno, no Arruda, os dois times empataram em 0x0, mesmo com o Santa Cruz jogando melhor. Já contra os alagoanos, os corais perderam em Maceió e em casa, também, ficaram no placar em branco. Domingo (24), aconteça a primeira partida da decisão do Campeonato Brasileiro da Série C, no Estádio Castelão, entre Sampaio Corrêa e Santa Cruz

Felipe Holanda

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.