Santa estreia com o pé direito na Copa do NE

Após derrotar o Vitória da Conquista por 3x2, em Caruaru, o Mais Querido chegou a sua primeira vitória na temporada
Foto: Wellington Florêncio/ Equipe Médica da Secretaria de Saúde de Caruaru

Neste sábado (18), Santa Cruz x Vitória da Conquista se enfrentaram no Lacerdão, pela primeira rodada do Nordestão 2014. O escrete Coral iniciou o ano mais importante da história do clube, quando o tricolor pernambucano completará um século de existência. Para coroar a temporada, a Copa do Nordeste era o gancho perfeito.

O Vitória, por sua vez, buscava surpreender na competição. Já que o Bode Alviverde era considerado como um franco atirador no grupo B, ao lado do Bahia, CSA, e do próprio Santa. A vaga no torneio regional, foi conquistada após o Vitória se sagrar campeão baiano do primeiro turno em 2013.

Com a bola rolando, o Santa mostrou logo suas cartas. Logo aos 2 minutos, no primeiro lance de perigo, o tricolor abriu o placar. Flávio Caça-Rato deu belo passe para Natan que, com muita categoria, colocou o time Coral em vantagem. Com o gol, o ritmo do jogo ficou acelerado. O Bode Alviverde chegou, porém, Tiago Cardoso salvou o Santa.

Aos 13 minutos, Renatinho balançou as redes. O árbitro anulou o gol assinalando impedimento. Sem muito espaço, a equipe baiana se via obrigada a buscar, também, a vitória. Mas foi o Santa que aumentou, aos 25 minutos. Oziel cobrou escanteio, o goleiro Alex socou a bola para cima e Raul, de cabeça, encobriu o arqueiro para marcar um golaço.

A vantagem por 2 a 0 tranquilizou o time do técnico Vica, que se postou para encontrar um contragolpe, àquela altura, mortal. Surpreendentemente, o Vitória reagiu e diminuiu com 35 minutos da primeira etapa. Tatu, em cobrança de pênalti, fez o primeiro gol do Bode Alviverde na competição.

O gol renovou as esperanças do Vitória da Conquista, que passou a acreditar no triunfo, mesmo jogando fora de casa. Por outro lado, o Santa era visivelmente melhor em campo, trocando passes e levando muito perigo à meta da equipe baiana. Mesmo assim, a primeira etapa acabou com o 2x1 no placar.

Para o segundo tempo, Vica teve que sacar Flávio Caça-Rato para colocar Pingo, que fez sua estreia com o manto Coral. O Vitória voltou mais ligado na partida e assustou a defesa tricolor em algumas oportunidades. Tiago Cardoso salvou o Santa novamente, no início da segunda etapa.

Raul teve uma bela chance, mas, de bateu para fora. Excesso de preciosismo na jogada. Depois daí o Santa passou a jogar esperando o adversário. O zagueiro Renan Fonseca, aos 26 minutos do segundo tempo, aumentou a vantagem tricolor. Após a confusão na área, o defensor Coral driblou a zaga e bateu no ângulo do goleiro Alex.

Com a vantagem, parecia que o Santa Cruz seguraria o resultado, com uma certa facilidade, mas as aparências enganam. O Vitória da Conquista partiu para cima e, por muito pouco, não empatou a peleja. Aos 42 da segunda etapa, Catê diminuiu após uma grande confusão na área do Santa.

Com o segundo gol, o time baiano partiu em busca do empate, mas, sem sucesso. Mesmo sem atuar bem, o Santa derrotou o adversário e largou com o pé direito na Copa do Nordeste 2014. O próximo confronto do Mais Querido será contra o Bahia, em Salvador, na próxima quarta-feira (22).


Santa Cruz: TIAGO CARDOSO, OZIEL, EVERTON SENNA, RENAN FONSECA E TIAGO COSTA; SANDRO MANOEL, LUCIANO SORRISO, RAUL (JÉFFERSON MARANHÃO, MIN. 74), NATAN; RENATINHO MEMO, MIN 65) E FLÁVIO RECIFE (PINGO, MIN. 45).

Vitória da Conquista: ALEX, JÚNIOR GAÚCHO, EVERTON, SÍLVIO, TIAGUINHO (PAULO VITOR, MIN, 76); EDIMAR, RAMIRES, CARLINHOS, RAFAEL GRANJA; TATU E CANDINHO (MOISÉS, MIN 59).

Felipe Holanda

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.