Chefe de segurança do Santa Cruz sofre ameaças

Foto: Portal 2014

Diante do ocorrido na noite da última sexta-feira (03/05), quando o torcedor Paulo Ricardo foi assassinado após ser atingido com uma privada jogada do anel superior do estádio do Arruda, o chefe de segurança do Santa Cruz, Flávio Bione, segue comandando os trabalhos internos para identificar os autores do crime. 

Entretanto, segundo Flávio, o mesmo segue sofrendo ameças de morte caso facilite o trabalho para a polícia.  As ações intimidatórias acontecem por telefone, mas garante que não se intimidará e continuará ajudando o clube e as autoridades a desvendar o crime. 

*Informações divulgadas pelo repórter Anderson Gomes, que conversou com o Major.

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.