Será que a derrota foi apenas dentro de campo?

Foto: O Comunicador

"Brasil, o país do futebol." A frase é bem conhecida, não? É, de fato, criou-se tamanha popularidade a tal frase que ela parece ser uma unanimidade, uma certeza mais absoluta que as demais. Mas, já dizia o saudoso Nelson Rodrigues: "toda unanimidade é burra". Pois é, sabias palavras...

Hoje, o Brasil perdeu dentro de campo. Porém, ao longo dos anos, o Brasil já vêm perdendo fora dele para outros países, como a Alemanha. Na Alemanha, não se espera jogadores nascerem com o dom de jogar bola, não se espera Pelés, Zicos, Romários, Ronaldos... Na Alemanha, os jogadores não nascem para jogar futebol, eles aprendem a jogar futebol.

Lá, futebol e escola caminham juntos, lado a lado. Já aqui, ou se joga futebol, ou se estuda. Não é verdade? Futebol é um esporte, envolve técnicas. Técnicas podem ser adquiridas estudando teórica e praticamente. Ou seja, da para aprender a jogar futebol e a Alemanha, hoje, tem grandes professores e grandes alunos. É, além de ensinar a jogar, na Alemanha se ensina a ensinar. Na mesma proporção que existe novos jogadores, há novos técnicos e novos professores especializados na formação de novos jogadores. 

Talvez o maior problema sofrido hoje pela Seleção Brasileira tenha sido a inexperiência dos jogadores. Na Alemanha, dificilmente eles terão esse problema, pois todos os clubes da 1ª e 2ª divisão são obrigados a terem, nas categorias de base, times formados a partir do sub-15. E é claro que eles jogam um campeonato alemão de base, paralelo ao profissional. Enquanto isso, aqui no Brasil, ainda temos supostos "tapetões". Sem falar do descaso total com as talentosas mulheres do futebol feminino brasileiro.

E aí, será que ainda temos autoridade para falarmos que somos o país do futebol? Talvez a goleada de hoje tenha saído barato, pois fora de campo a diferença de gols é ainda muito maior.

Texto: Bruno Soares

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.