Vice-presidente diz que Santa Cruz não pensa em contratar atletas


A diretoria do Santa Cruz está buscando modificar, desde a raiz, os conceitos aplicados em 101 anos de existência do clube. Entretanto, fatores financeiros ainda continuam pesando o avanço de questões essenciais: pagamento de salários, contratações para reforçar o time e torná-lo ainda mais competitivo, ampliação de projetos. 

Para cúpula coral, assim como funcionou em outras ocasiões, apelar para que a torcida vá ao José do Rego Maciel pode proporcionar a resolução de alguns problemas inadiáveis, como as folhas salariais ainda pendentes de atletas e administrativo.

"O torcedor precisa chegar junto, até porque a nossa torcida tem essa característica. Até ficamos chateados com a média de público. Com uma renda boa, a partir de quantos forem ao estádio, poderemos quitar pelo menos uma folha", disse o vice-presidente Constantino.

Reforços para Série B não são cogitados desde que a situação financeira venha melhorar com o decorrer dos jogos, aumento do número de sócios e vinda de patrocinadores. 

"Com essa presença de público, com número de sócios que não atingiu o ideal, fica difícil pensar em contratar. Não podemos. A gente sabe da necessidade de alguns reforços, mas o Marcelo tem que se costurar com o que tem", finalizou. 

Foto: Diário de Pernambuco

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.