Equilíbrio do elenco faz o Santa Cruz chegar a mais uma vitória, analisa Martelotte


Não é de hoje que o Santa Cruz vem sofrendo com ausências importantes na Série B, elas sendo por lesões ou cartões. Entretanto, na contra-mão daquilo que se imagina, os atletas do banco de reservas que entram assumem funções e acabam, ao fim do jogo, demonstrando um bom futebol. Para o comandante Marcelo Martelotte, esta situação passa essencialmente pelo equilíbrio do grupo – onde um conhece a área do campo que se pode contribuir. 

"Não é a primeira vez que temos desfalques. Todos aqueles que entram estão dando conta do recado. Temos um grupo bem equilibrado, focados no trabalho. Em quase todos jogos precisamos do grupo e eles correspondem", analisou Martelotte. 

Criando boas chances de gol, principalmente com Daniel Costa, o Tricolor do Arruda pôde golear o Boa Esporte, em Minas. As atuações distintas das etapas de jogo possibilitaram que os atletas tocassem a bola com maior tranquilidade, buscando sempre o espaço do adversário. "Foram dois tempos bem distintos. Nossos primeiros 45 minutos foram um dos piores desde que eu cheguei. Voltamos para o segundo tempo com uma intensidade e fizemos dois gols. Criamos oportunidades. Com essa postura conseguimos construir a vantagem", finalizou. 

Foto: Diário de Pernambuco

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.