Das arquibancadas, o Santa Cruz arrecadou R$ 3,1 milhões na Série B 2015

Foto: Diário de Pernambuco
A caminhada do Santa Cruz para chegar a Série A não foi fácil. Campos de várzea, times sem expressão, inconsistência. Esta era a realidade. Para sair deste momento, o clube teve de recorrer a um parceiro incondicional: o seu torcedor. As administrações irresponsáveis deixaram rombos financeiros imensuráveis, o que tornava a missão ainda mais difícil. Vinha das arquibancadas, portanto, a força. 

Na Série B 2015 a diretoria usou da mesma receita. A prova está na arrecadação líquida advinda do Arruda na competição, chegando a R$ 3,1 milhões – contra R$ 2,5 milhões em 2014. Isso possibilitou, atrelado a patrocinadores e contribuições externas, que obrigações inadiáveis como salários, parcelas de dívidas e manutenção do elenco fossem cumpridas. 

"Tudo o que poderíamos fazer fomos buscar, mesmo sem recursos. Poucos sabem as dificuldades do dia a dia. É uma luta diária, mas sabíamos que poderíamos chegar com muito trabalho, competência e honestidade. Colhendo os frutos da semente que foi plantada lá atrás, em 2011", memorou Constantino Júnior, vice-presidente do Santa Cruz. 

RETROSPECTO

Na Série C em 2013, o Tricolor do Arruda conquistou das arquibancadas R$ 4,3 milhões. Em 2012, também na Série C, foram R$ 2,4 milhões. 

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.