PAPO DE TRICOLOR: Sport 2x1 Santa Cruz

O que falar desse jogo? Horas após a partida e eu ainda estou incrédulo, sem reação e com uma dor de cabeça do tamanho do Arruda. A realidade é que viramos fregueses dos times de Recife.

O time até começou bem, apertando, encurralando o adversário. Conseguimos dominar boa parte do primeiro tempo, até em que uma jogada trabalhada da equipe e com a finalização de Grafite, abrimos o placar. Daí em diante, abdicamos de jogar e Tiago Cardoso mais uma vez se mostrou um extraterrestre quando enfrenta a coisa do mangue. Meus amigos, que goleiro!

Voltou para o segundo tempo e ZzZzZz. A sonolência bateu e o time voltou levando pressão. Cometendo os mesmos erros. O vovô Vitor, coitado, não aguentou a pressão de Lenis e acabou falhando escandalosamente no primeiro gol da cachorra de peruca. Depois do gol, o time do Santa até tentou esboçar uma reação, entraram Raniel e Tiago Costa (esse que também falhou escandalosamente no segundo gol), mas não adiantou muita coisa. Até que a equipe insistiu em perder oportunidades de contra-ataques, esperando o adversário uma oportunidade para matar o jogo.

Mas uma coisa pior do que a partida, foi escutar Martelotte falando que o time jogou bem, que Renatinho foi bem, que perdemos por detalhes e que ''ESSES CLÁSSICOS NÃO SÃO DECISIVOS''. Meu amigo, qual clássico não é decisivo? Tá bronca. Martelotte tá perdido dentro e fora de campo. É até engraçado um técnico falar isso, dar até a impressão que está tudo tranquilo, mas não ESTÁ.

Breno Oliveira

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.