Santa Cruz perde jogadores essenciais para o plano tático de Martelotte

JC Imagem
Meus amigos, a urucubaca tava solta hoje. Chegaram até comentar nos corredores da Ilha do Retiro que não foi preciso apenas um boi, mas fazenda inteira. Vou explicar o motivo de tudo isso. Começou assim: minutos antes da bola rolar, o técnico Marcelo Martelotte teve a confirmação que havia perdido os dois volantes da equipe. Sim, os titulares. Em Dedé foi diagnosticada uma lesão de grau dois na coxa direita. Em Wellington Cezar, o mesmo problema. Na média, segundo o departamento médico coral, 15 dias de molho. E quem iria ser escalado? Pra completar, o goleiro reserva Edson Kölln pegou uma conjuntivite que também o tiraria da partida. 

O árbitro apitou, o jogo começou e... Para quem pesava que tudo ia sair muito bem, já que o Tricolor do Arruda abriu o placar logo nos primeiros minutos, começou a encontrar um leve engano ao passar do tempo. A magia do azar encontrou Allan Vieira pela sua frente, até então o melhor em campo, fazendo com que o lateral-esquerdo tivesse uma entorse no tornozelo direito. Essa tal magia continuou a passear pelo gramado, fazendo mais uma vítima: Wallyson, atacante veloz que vinha contribuindo positivamente. 

Quem entrou durante a partida, até tentou contribuir. Mas... Nada foi feito. A derrota estava sacramentada. Então a gente já sabe: se for jogar por lá, tem que se benzer, pedir a algum santo padroeiro, enfim, fazer alguma coisa. A mandinga deles é forte. 

AVALIAÇÃO 

Wilton Bezerra, médico tricolor, afirmou em entrevista que Allan Vieira e Wallyson passarão por uma reavaliação nesta segunda-feira para conhecer se terão ou não condição de entrar em campo pela Copa do Nordeste na próxima quarta (24).

Santa Cruz News

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.